18.- Aspecto de lesión aguda necrotizante con extensión al Sistema ventricular. 18.- Aspecto de lesión aguda necrotizante, con extensión al Sistema ventricular. T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE T2 T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE T2 IV ventrículo (fig. à E); ventrículos laterais e III ventrículo preenchidos e dilatados por sangue... IV ventrículo (fig. à E); ventrículos laterais e III ventrículo preenchidos e dilatados por sangue... IV ventrículo (fig. à E); ventrículos laterais e III ventrículo preenchidos e dilatados por sangue... IV ventrículo (fig. à E); ventrículos laterais e III ventrículo preenchidos e dilatados por sangue... .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. Aspectos macroscópicos de ependimoma tumor originado no epêndima (neuroepitélio que reveste os... Aspectos macroscópicos de ependimoma, tumor originado no epêndima (neuroepitélio que reveste os... Aspectos macroscópicos de ependimoma tumor originado no epêndima (neuroepitélio que reveste os... Aspectos macroscópicos de ependimoma, tumor originado no epêndima (neuroepitélio que reveste os... .. CORTES CORONAIS. Insinuação do tumor pelo foramen de Magendie. T1 COM CONTRASTE FLAIR .. CORTES CORONAIS. Insinuação do tumor pelo foramen de Magendie. T1 COM CONTRASTE FLAIR .. CORTES CORONAIS. Insinuação do tumor pelo foramen de Magendie. T1 COM CONTRASTE FLAIR .. CORTES CORONAIS. Insinuação do tumor pelo foramen de Magendie. T1 COM CONTRASTE FLAIR .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... .. CORTES CORONAIS. Insinuação do tumor pelo foramen de Magendie. T1 COM CONTRASTE FLAIR .. CORTES CORONAIS. Insinuação do tumor pelo foramen de Magendie. T1 COM CONTRASTE FLAIR .. CORTES CORONAIS. Insinuação do tumor pelo foramen de Magendie. T1 COM CONTRASTE FLAIR .. CORTES CORONAIS. Insinuação do tumor pelo foramen de Magendie. T1 COM CONTRASTE FLAIR .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste o centro das lesões não se impregna mas há orlas de impregnação... .. T1 COM CONTRASTE. Com contraste, o centro das lesões não se impregna, mas há orlas de impregnação... A malformação artério-venosa do lobo occipital sofreu ruptura espontânea causando um hematoma na... A malformação artério-venosa do lobo occipital sofreu ruptura espontânea causando um hematoma na...
Próxima »
Pesquisa Avançada